Cidade

Greve de rodoviários em São Luís é 'ilegal e abusiva'

A desembargadora determinou a aplicação da multa diária de R$ 40 mil ao Sindicato dos Trabalhadores.

Do G1, Maranhão

Grevistas desrespeitam decisão do TRT

Grevistas desrespeitam decisão do TRT

A presidente do Tribunal Regional do Trabalho do Maranhão (TRT-MA), desembargadora Ilka Esdra Silva Araújo, decidiu, nesta segunda-feira (21), declarar ‘ilegal e abusiva’ a greve dos rodoviários, iniciada à 0h de hoje em São Luís. A magistrada também autorizou as empresas de ônibus a demitirem por justa causa os rodoviários que continuarem no movimento.

A decisão foi tomada porque o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Estado do Maranhão (STTREMA) não cumpriu ordem da própria desembargadora, que na última sexta-feira (18) concedeu reajuste de 7% nos salários da categoria e o retorno imediato dos rodoviários às atividades normais, após quatro dias de negociações entre o sindicato patronal e o dos empregados do setor.

Além da ilegalidade, a desembargadora determinou a aplicação da multa diária de R$ 40 mil ao Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Estado do Maranhão (STTREMA), por não cumprimento de sua ordem. Na última sexta-feira (18), a presidente do TRT determinou o retorno imediato dos rodoviários, bem como concedeu reajuste de 7% nos salários da categoria.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários