Brasil / Judiciário

Zeca Pagodinho é condenado a 3 anos de prisão por fraude

Com informações do Ministério Público do Distrito Federal

O cantor Zeca Pagodinho foi condenado pela Justiça do Distrito Federal por fraude na contratação de um show para a 15ª Expoagro, realizada em 18 de abril de 2008, e para o aniversário de Brasília, em 21 de abril de 2008. Além do cantor, Aldeyr do Carmos Cantuares, representante da empresa Star Comércio, Locação e Serviços Gerais Ltda.; César Augusto Gonçalves, Ivan Valadares de Castro e Luiz Bandeira da Rocha Filho, ex-ocupantes de cargos em comissão na extinta Empresa Brasiliense de Turismo (Brasiliatur), respondem pelo crime.

No show da 15ª Expoagro, foram gastos R$ 170 mil apenas para o pagamento do cachê de Zeca Pagodinho. Mas, apresentações realizadas poucos meses antes custaram cerca de R$ 200 mil pelo cachê artístico e outros serviços. Ficou comprovado que houve superfaturamento na festa do aniversário de Brasília em 2008. Foi pago a outro artista o valor de R$ 120 mil por uma apresentação de 45 minutos, apesar de valor semelhante ter sido cobrado em shows com duração de uma hora e meia.

Zeca Pagodinho foi condenado a três anos de detenção em regime aberto, sendo a pena convertida em prestação de serviços à comunidade e ao pagamento de valor a ser definido pela Justiça. César Augusto Gonçalves, Ivan Valadares de Castro e Luiz Bandeira da Rocha Filho foram condenados a quatro anos e oito meses de detenção em regime semiaberto e ao pagamento de multa no valor de 2% dos dois contratos. Aldeyr do Carmo Cantuares recebeu condenação de três anos e seis meses de detenção em regime aberto e pagamento de multa no valor de 2% dos dois contratos.

Os dois shows foram contratados pela Brasiliatur por inexigibilidade de licitação. De acordo com a Lei 8.666/93, que institui normas para licitações e contratos da administração pública, obras ou serviços somente poderão ser contratados quando houver um orçamento detalhado que comprove a composição de todos os custos, inclusive nos casos de inexigibilidade. Na ação, o Ministério Público demonstrou também que houve superfaturamento nas contratações dos dois eventos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil / Crime

Quadrilha que fraudava vestibular no Maranhão é presa

A Polícia Federal desarticulou, na última sexta-feira (27), uma quadrilha especializada em fraudar vestibular de medicina com atuação no Maranhão.

A operação foi denominada Gabaritando e foi deflagrada em todo o Brasil. Até o momento duas pessoas foram presas no Tocantins e três em Brasília.

De acordo com as investigações da PF, a organização criminosa vem agindo há muito tempo burlando os certames. O grupo já agiu em pelo menos oito estados: Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Maranhão, Piauí, Ceará, Bahia e no Distrito Federal.

A operação que foi denominada “Gabaritando”, exigiu por parte da corporação um trabalho minucioso e de muita cautela para chegar aos envolvidos. Os integrantes utilizam o o codinome “Lima Leão” para suas identificações, e se comunicavam apenas por meio de aplicativos de mensagens que eram apagadas automaticamente depois de lidas.

Os métodos utilizados eram muito inteligentes, uma modalidade diferenciada nunca constatada em investigação do tipo. A quadrilha também usava tecnologia de ponta para obterem êxitos na prática criminosa.

As vagas eram negociadas com funcionários pertencentes aos quadros das universidades investigadas.Em muitos estados ainda não foram identificadas todas as pessoas que se beneficiaram com o esquema, que ultrapassa 60 pessoas.

A PF agora está agindo na etapa de investigação que irá identificar os candidatos que foram aprovados nos vestibulares para serem expulsos das instituições.

No Maranhão, o relatório é bombástico envolvendo vários alunos que cursam medicina sem nunca terem sequer passado em provas. Há uma gravação capturada onde um prefeito do Maranhão é flagrado negociando uma vaga para seu filho.

O desenrolar das investigações deverá atingir vários filhos de figurões, uns já até formados.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil

Prêmio da Mega-Sena acumula em R$ 105 milhões

O concurso 1.765 da Mega-Sena, realizado neste sábado (28), sorteou as dezenas 01, 06, 28, 37, 56 e 58. Não houve vencedores. Para o próximo sorteio, no dia 2 de dezembro, o prêmio estimado é de R$ 105 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio foi realizado em Cândido Mota (SP).

A Quina teve 185 acertadores. Cada um ganhou R$ 28.048,25. Outras 9.138 pessoas ganharam R$ 811,20 na Quadra.
De acordo com a Caixa Econômica Federal (CEF), se um apostador levasse o prêmio sozinho e tivesse aplicado integralmente na poupança, receberia cerca de R$ 680 mil por mês em rendimentos, o equivalente a R$ 22,6 mil por dia. (Do G1SP)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil / Poder / Política

João Alberto conduzirá possível cassação do senador Delcídio

Senador João Alberto e Presidente do Conselho de Ética do Senado, João Alberto.

Senador João Alberto e Presidente do Conselho de Ética do Senado, João Alberto.

O senador maranhense João Alberto (PMDB-MA) foi um dos 13 que votaram contra a prisão do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), preso pela Polícia Federal por tentar obstruir investigações da operação Lava Jato.

O parlamentar também o presidente do Conselho de Ética do Senado, então caberá ao colegiado comandado por ele analisar um possível pedido de cassação contra Delcídio por quebra de decoro parlamentar.

Mas para isso acontecer, algum partido precisa acionar o Conselho de Ética, o que não foi feito até agora. Porém, quem vai decidir se o processo vai seguir adiante é o senador João Alberto.

E tudo indica que não, uma vez que o senador já emitiu, por meio do seu voto, apoio a Delcídio do Amaral.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil

Advogado de Cerveró é preso no Rio de Janeiro

G1

Advogado de Cerveró, Edson Ribeiro.

Advogado de Cerveró, Edson Ribeiro.

Edson Ribeiro, advogado do ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró, foi preso na manhã desta sexta-feira (27) no Aeroporto Tom Jobim, Zona Norte do Rio, logo após chegar de um voo de Miami (EUA).

Segundo a Procuradoria Geral da República, Ribeiro fez parte do esquema para tentar interferir nas investigações da Operação Lava Jato, do qual fariam parte ainda o senador Delcídio do Amaral e o banqueiro André Esteves, do BTG Pactual.

O ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, autorizou a inclusão do nome do advogado na difusão vermelha da Interpol, que permitiria que Edson fosse preso em fronteiras ou no exterior.

Ribeiro chegou a ser localizado nos Estados Unidos na quarta, mas não foi detido porque era aguardada a decisão do Supremo sobre a inclusão do nome na lista.

Edson Ribeiro é suspeito de ter atuado para ajudar o senador Delcidio do Amaral, líder do governo no Senado, a tentar prejudicar acordo de delação premiada entre Cerveró e o Ministério Público Federal. Ou, caso o acordo fosse firmado, impedir que o ex-diretor citasse o nome do parlamentar e do empresário André Esteves, que foram presos nesta quarta.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil

Mega-Sena volta acumular e prêmio vai a R$ 200 milhões

Do G1, em São Paulo

Ninguém acertou as dezenas do concurso 1.763 da Mega-Sena realizado neste sábado (21) em Santo Anastácio (SP). O prêmio estimado para o próximo sorteio é de R$ 200 milhões, que será realizado na quarta (25).

Veja os números sorteados: 09 – 12 – 15 – 21 – 31 – 36.

A quina teve 689 apostas ganhadoras, que irão faturar R$ 25.269,18 cada. Outros 43.184 bilhetes acertaram a quadra e irão levar R$ 575,95 cada.

Segundo a Caixa Econômica Federal (CEF), além de ser o maior prêmio sorteado em 2015, esse também é o maior prêmio da história da modalidade, excluindo os da Mega da Virada.

Para apostar
As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil

Mega-Sena acumula e vai a R$ 110 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 1.760 da Mega-Sena, cujo sorteio foi realizado na noite desta quinta-feira (12), no Parque do Ingá, Centro, em Manacapuru (AM). O prêmio acumulado para o próximo sorteio (1.761) é de R$ 110 milhões, o maior prêmio do ano, segundo a Caixa Econômica Federal (CEF).

Veja os números sorteados: 10 – 24 – 25 – 36 47 – 48

Esse foi o segundo sorteio da edição especial Mega Semana da República, que alterou o calendário dos demais nesta semana: o concurso 1.759 foi sorteado na terça (10) e o 1.761 será no sábado (14).

Para apostar
As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa. (Do G1, em São Paulo).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil

Chuva faz adiar clássico entre Argentina e Brasil

GloboEsporte

Uma forte chuva que desabou no final da tarde desta quinta-feira em Buenos Aires adiou Brasil e Argentina, pela terceira rodada das eliminatórias sul-americanas.

Até pouco mais de uma hora antes da partida, o gramado do Monumental de Nuñez estava coberto por poças, e o árbitro avaliou que não teria condições de jogo. O regulamento diz que a partida deve ser realizada dentro das 24 horas seguidas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil

Mega-Sena sorteia R$ 80 milhões nesta quinta, maior prêmio do ano

O sorteio do concurso 1.760 da Mega-Sena, que será realizado nesta quinta-feira (12), poderá pagar o prêmio de R$ 80 milhões para quem acertar as seis dezenas.

O sorteio será realizado a partir das 20h (horário de Brasília), no Parque do Ingá, Centro, em Manacapuru (AM). Segundo a Caixa Econômica Federal (CEF), esse será o maior prêmio sorteado em 2015.

Esse é o segundo sorteio da edição especial Mega Semana da República, que alterou o calendário dos demais nesta semana: o concurso 1.759 foi sorteado na terça-feira (10) e o 1.761 será no sábado (14).

De acordo com a Caixa, se um apostador levar o prêmio sozinho e aplicá-lo integralmente na poupança, receberá mais de R$ 540 mil por mês em rendimentos. Caso prefira, poderá adquirir 30 imóveis de R$ 1,4 milhão cada ou ainda uma frota de 30 carros esportivos de luxo.

Para apostar
As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50. (Do G1, em São Paulo).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil

STF diz que polícia só pode invadir casa se houver indício de flagrante

Do G1, em Brasília

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (5) condicionar a invasão de residências pela polícia sem uma ordem judicial se houver “fundadas razões” que indiquem um crime em flagrante ou em execução dentro da casa.

Pela decisão, nestas condições, a invasão poderá ocorrer inclusive à noite, mas os policiais deverão sempre justificar a ação posteriormente, sob risco de anular as provas colhidas contra o suspeito e, assim, inviabilizar uma eventual condenação.

No julgamento, os ministros ressaltaram que a decisão valerá, por exemplo, para operações policiais em favelas em busca de traficantes. O objetivo, disse o relator do caso, ministro Gilmar Mendes, é evitar abusos e ao mesmo tempo dar segurança jurídica aos policiais.

A Constituição brasileira diz que a casa é um espaço “inviolável” do indivíduo. Sem a permissão do morador, alguém só pode entrar nela em caso de crime flagrante, num desastre ou para prestar socorro. Em regra, a polícia só pode entrar com uma ordem judicial.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Tudo sobre: