Brasil / Política

Dilma define Nelson Barbosa para o Ministério da Fazenda

Nelson Barbosa é um nome que teve o aval do ex-presidente Lula, o que sinaliza para uma inflexão na política econômica.

Blog do Camarotti

A presidente Dilma Rousseff, depois de várias consultas, bateu o martelo em torno do nome do ministro Nelson Barbosa para comandar o Ministério da Fazenda no lugar de Joaquim Levy. A previsão é que a confirmação do nome dele na pasta ocorra ainda nesta sexta-feira (18).

A escolha de Nelson foi uma solução caseira. Isso porque, apesar de terem sido especulados nomes do mercado, o governo estava com dificuldades de achar alguém que aceitasse a missão.

Como informou o blog mais cedo, Nelson Barbosa foi visto nesta sexta pouco depois das 16h no gabinete da presidente Dilma Rousseff, no terceiro andar do Palácio do Planalto. Nesta reunião, também foram vistos os ministros Jaques Wagner (Casa Civil) e Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo).

Nelson Barbosa é um nome que teve o aval do ex-presidente Lula, o que sinaliza para uma inflexão na política econômica. Dilma estava sendo pressionada a fazer um aceno a sua base e havia uma torcida no Palácio do Planalto pela saída de Joaquim Levy.

Visto como um obstáculo à mudança da política econômica, Levy passou a ser atacado por ministros mais próximos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A lógica para esses ataques é pragmática: num momento de grave crise política, é preciso flexibilizar o rumo da economia como uma sinalização aos seguimentos sociais que apoiam o governo Dilma.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários