Brasil

De um povo heroico o brado retumbante: afinal, o que querem os brasileiros?

País parou mais uma vez para pedir impeachment da presidente Dilma Rousseff no domingo, 16

Manifestação em Brasília. Foto_ G1

Manifestação em Brasília. Foto_ G1

Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins tiveram uma só voz ontem (16), para pedir mais uma vez o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Em março e abril deste ano, vários manifestantes já tinham ido as ruas protestar contra o governo.

O país que passa não só por uma crise, mas por completo abandono pede ordem e progresso. O movimento para derrubar Dilma Rousseff foi iniciado por Jovens e já conquistou milhares de adeptos entre idosos e crianças, que acreditam na possibilidade de mudança para o país. As principais reivindicações são contra a corrupção, a população demonstrou seu apoio ao juiz Sérgio Moro, que conduz os processos da Lava Jato, nas ruas e foi contra a cúpula do PT, que desmoraliza e envergonha o país.

Falta emprego, os juros estão mais altos, a inflação predomina, não há investimentos, a educação deixou de ser prioridade e a fome que assola o país é a mesma que faz com que muitos vistam a camisa verde e amarela e lutem por um futuro que espelha grandeza.

Para as mulheres, o segundo mandato da presidente é uma vergonha para a classe. Muitas acusam Dilma Rousseff de incompetente e dizem que ela age como laranja na presidência, como um boneco de marionete que só aceita ordens e não sabe como conduzir um país. De fato a presidente deveria está mais preparada para este segundo mandato, já que seu governo acompanhava a realidade de país. Infelizmente, a quatro meses do fim do ano nenhuma de suas promessas foi cumprida.

Dilma Rousseff prometeu investir na cultura, educação, emprego e segurança e tudo que os brasileiros ganharam foram números, cada vez piores e assustadores. O país possui 13 milhões de analfabetos, 154 assassinatos acontecem por dia e 7,934 milhões de pessoas estão desempregadas. Sem que falar que no quesito saúde, o governo deixa a desejar, e é uma das principais deficiências do país.

Tudo que os 27 estados mais querem é conquistar com o braço forte um país que seja símbolo, que continue carregando na bandeira a “Paz no futuro e glória no passado”. Até mesmo quem votou em Dilma Rousseff se sente envergonhado. Por não fugir à luta, muitos continuarão tentando chamar atenção de quem está no poder para mudar o país.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários