Brasil

Prima de empresário diz que pneu do carro de Cristiano Araújo estourou

Ela diz que Vitor Leonardo, que ficou ferido no acidente, lembra de barulho. Sertanejo e a namorada morreram após capotamento na BR-153, em GO.

A prima do empresário Vitor Leonardo, que ficou ferido no acidente que matou o cantor Cristiano Araújo e a namorada, Allana Moraes, em Goiás, afirma que um pneu do carro em que eles estavam, um Range Rover Sport, estourou. “Ele disse que ouviu o pneu estourar. Quem nega está mentindo. O carro tem muita potência, mas o motorista seguia na velocidade permitida. Não foi culpa de ninguém”, disse ao G1 Rosana Jacintho.

Vitor Leonardo e Ronaldo Miranda seguem internados em Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Vitor Leonardo e Ronaldo Miranda seguem internados em Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

O delegado Fabiano Henrique Jacomelis, responsável pelo caso, informou que o veículo tem cerca de dois meses de uso e que passou por uma perícia. No entanto, ele não confirma se o pneu estourou. “O carro passou por uma perícia técnica e, se necessário, será analisado novamente. Mas tudo indica que não houve falha mecânica”, adiantou ao G1.

Segundo Rosana, Vitor, que está internado no Instituto Ortopédico de Goiás (IOG), segue com quadro de saúde estável, mas está muito abalado. “Ele está consciente e conseguiu se alimentar. Mas a ficha dele ainda não caiu. Ele diz que lembra de ouvir o Cristiano gritando logo após o acidente, mas apagou e só acordou quando já estava em Goiânia”, contou a prima.

O acidente aconteceu por volta das 3h30 desta quarta-feira (24), na altura do km 614 da BR-153, entre Morrinhos e o trevo de Pontalina, em Goiás, quando o cantor voltava de um show em Itumbiara, no sul do estado. O veículo saiu da pista e capotou. Além de Cristiano, que tinha 29 anos, também morreu a namorada dele, Allana Moraes Coelho, de 19 anos.

Ainda ficaram feridos o empresário e o motorista Ronaldo Miranda, que também tem quadro estável. “O motorista também está muito abalado. Meu primo disse que ele é uma pessoa muito cuidadosa ao volante, mas não só isso, ele fazia de tudo por eles”, ressaltou Rosana.

O delegado Fabiano Jacomelis ressaltou que solicitou um laudo cadavérico das vítimas fatais e uma perícia no local do acidente. “Assim que os feridos se restabelecerem, vamos intimá-los. Com essas oitivas esperamos conseguir todos os detalhes que precisamos para saber se houve imperícia do motorista, se ele dormiu ou se algo causou a saída de pista”, disse.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários